Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia

Prezo con cea e almorzo incluídos...

Prezo con cea e almorzo incluídos...

1 persoa -  370 € (IVE incluído)

2 persoas - 560 € (IVE incluído)

ver mais

Contato: Viajes Viloria

Contato: Viajes Viloria

Para informação adicional sobre o Vale lacobus pode telefonar para o número 902 190 160 /  981 568 521 ou enviar uma mensagem de correio electrónico para: info@galiciaincoming.com

Bono Iacobus - Caminho Inglês desde Ferrol

A rota completa

Bono Iacobus

O denominado Caminho Inglês é uma das rotas marítimas jacobeias que se usavam na Europa medieval para alcançar Compostela. Peregrinos provenientes dos países escandinavos, dos Países Baixos, do norte de França e, sobretudo, de Inglaterra, Irlanda e Escócia, chegavam de barco ao norte de Espanha entrando na Galiza pelos portos de Ribadeo, Viveiro, Ferrol ou Corunha. Estes dois últimos portos, situados num amplo golfo que os romanos denominaram Portus Magnum Artabrorum consolidaram-se tradicionalmente como os pontos de partida das duas alternativas ao Caminho Inglês. Os navegantes chegavam ao porto guiados pelo feixe de luz da Torre de Hércules, farol romano declarado Património da Humanidade no ano de 2009.

Ampliar

Uma vez em terra, ambas as alternativas confluem para a paróquia de Bruma, pertencente ao município de Mesía, e chegam a Compostela tendo atravessado as terras de Cambre, Carral, Mesón do Vento, Ordes e Oroso entre outras.

Têm-se notícias documentais de peregrinações desde os países nórdicos ou das ilhas britânicas a partir do séc. XII. Assim, no ano de 1147, desembarcou no porto da Corunha uma esquadra de Cruzados que, a caminho da Terra Santa e antes de entrar na conquista de Lisboa para apoiar o primeiro rei de Portugal na luta contra os árabes, fizeram escala em Santiago para visitar o sepulcro do Apóstolo.

ntre os anos 1154 e 1159, um monge islandês chamado Nicolás Bergsson deixa constância escrita do primeiro itinerário marítimo da Islândia até ao canal de Kiel, na fronteira entre a Dinamarca e a Alemanha e, desde aqui, a pé até Roma, a caminho de Jerusalém. A partir de então, esta será a rota seguida pela maior parte dos peregrinos provenientes dos países nórdicos no seu caminho para Santiago.

Posteriormente, durante a Guerra dos Cem Anos (séc. XIV – XV) os britânicos foram os que usaram naus para chegar a Santiago; da sua presença dão testemunho as moedas e peças de cerâmica encontradas durante umas escavações realizadas na catedral.

Outro facto que evidencia a importância da peregrinagem britânica é a doação de oferendas tão importantes como um retábulo portátil de alabastro, no qual se recriam cinco cenas da vida do Apóstolo Santiago, que foi cedido à catedral pelo clérigo John Goodyear no ano de 1456.

A origem dos peregrinos que realizavam esta rota certifica-se também através dos registos de defunções que se registavam nos arquivos das capelas e cemitérios dos mosteiros e hospitais do caminho, entre os quais destacam os que pertenciam à Ordem Hospitaleira do Sancti Spiritus, juntando-se-lhe a partir do séc. XIV a Ordem Franciscana.

 

Descarregue as coordenadas do recurso que lhe apresentamos...

>Clique aqui para obter ajuda sobre a descarga nos diversos formatos
Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima