Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia
  • Talasos de Galicia
    Talasos de Galicia
  • Talasos de Galicia
    Talasos de Galicia
  • Talasos de Galicia
    Talasos de Galicia
  • Talasos de Galicia
    Talasos de Galicia
  • Talasos de Galicia
    Talasos de Galicia
Início > Viva estas… experiências > Mananciais da Galiza > Experiencias > Acrescentar a "A Minha viagem"
Parque Nacional das Ilhas Atlánticas

NATUREZA

Parque Nacional das Ilhas Atlánticas

A melhor praia do mundo está aqui. E não somos nós que o dizemos, mas sim o jornal britânico The Guardian...

Ria de Vigo e Baixo Miño

GEODESTINO

Ria de Vigo e Baixo Miño

A margem sul da ria de Vigo é uma sucessão de grandes praias de areia dourada e de solitários portos de abrigo...

Mananciais da Galiza

Água, pedra e Cíes

Em Oia, mergulhamos nas águas marinhas do seu centro talasso e aproveitamos os benefícios dos seus tratamentos com algas, lamas e sais. Depois, navegamos rumo às ilhas Cíes, um paraíso natural de grande valor ecológico, onde tomaremos banho numa das melhores praias do mundo.

Isto interessa-lhe!

  • Ponto de início: Baiona
  • Ponto final: Oia
  • Jornadas: 3

Uma escapadela a Oia permite usufruir do Atlântico em todas as suas vertentes. A mais saudável é aproveitando os benefícios das suas águas nas instalações de uma estância balnear marítima. A mais excitante, sulcando o oceano até às costas das ilhas Cíes, um paraíso natural onde admirar a beleza das suas paisagens e tomar consciência do seu grande valor ecológico no Parque Nacional das Ilhas Atlânticas da Galiza.

Mais informação...
- Centro Talasso Atlântico. www.talasoatlantico.com
- Parque Nacional das Ilhas Atlânticas da Galiza. www.iatlanticas.es
- Mosteiro de Santa María de Oia. www.monasteriodeoia.com

 

Percurso – 1º dia

As águas do Atlântico, concentradas num centro talasso

Ampliar

Por uma pitoresca estrada chega-se ao município de Oia, na comarca do Baixo Minho. É o destino que vos sugerimos para experimentar os efeitos das reconhecidas propriedades mineromedicinais da água do mar do Atlântico e das suas algas, limos, sais e lamas; aplicados em tratamentos de saúde, de estética e de relaxamento.

A brisa do mar no Cabo Silleiro
Recomendamos-vos que cheguem logo no início da tarde a esta zona limítrofe entre o município de Oia e o de Baiona. Terão assim a oportunidade de entrar em contacto com a espetacular paisagem desta costa aberta ao oceano, que vos impressionará. Podem fazê-lo a partir do miradouro do farol do Cabo Silleiro. Toma-se a estrada que parte de Baiona para A Guarda e, a uns cinco km, um desvio para a esquerda permite-nos subir até ao próprio farol. É uma localização privilegiada para contemplar como as ondas batem nesta rochosa costa e divisar a vila de Baiona, as ilhas Cíes e, observando ao longe o Cabo Home.
O farol do Cabo Silleiro, vestido com as características riscas vermelhas e brancas, encontra-se a 85 metros acima do nível do mar. Foi inaugurado em 1924 para substituir o antigo de 1866 e hoje é um dos principais pontos de orientação para os navios que sulcam estas águas. A sua lâmpada de 3000 W vê-se a 40 milhas quando o tempo está limpo. Mais acima, encontrarão antigas baterias de artilharia e os restos do quartel militar, que serviam de defesa a esta porção da costa.
Águas marinhas a 34 graus, algas, lamas e sais minerais
No resto da tarde, podemos usufruir das instalações termais do centro talasso. A sua piscina de água do mar aquecida a 34 graus tem diversos sistemas de hidroterapia, orientados para proporcionar um estado de relaxamento e bem-estar seguindo um circuito marítimo. Outra opção é a de experimentar as propriedades das algas, das lamas ou dos sais na forma de tratamentos remineralizantes, hidratantes, antioxidantes ou antistresse.
Para o jantar: polvo, navalheiras, vieiras ou ouriços-do-mar
Para o jantar, poderão ficar no restaurante do hotel-centro talasso ou escolher outro da zona. Em ambas as margens da estrada costeira que atravessa todas as povoações de Oia, abundam os restaurantes que incluem nas ementas os produtos destas costas, em especial o polvo, a navalheira, a vieira e o ouriço-do-mar, nos seus diversos pratos. Quando forem escolher o vinho, lembrem-se de que nos encontramos perto da zona d’O Rosal, que pertence à Denominação de Origem Rias Baixas.
Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima