Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia
  • Serra da Enciña da Lastra
    Serra da Enciña da Lastra

    O tesouro do Sil...

  • Serra da Enciña da Lastra
    Serra da Enciña da Lastra

    O tesouro do Sil...

  • Serra da Enciña da Lastra
    Serra da Enciña da Lastra

    O tesouro do Sil...

  • Serra da Enciña da Lastra
    Serra da Enciña da Lastra

    O tesouro do Sil...

Poderá interessar-lhe…

Ver mais
Manzaneda - Trevinca

GEODESTINO

Manzaneda - Trevinca

Unha Galicia branca que parece tocar o ceo...

Parque Natural Serra da Enciña da Lastra

O tesouro do Sil...

A Serra da Lastra é o oriente natural da Galiza. Aqui, a azinheira é uma árvore com história própria. Fala-nos do clima mediterrânico e dos solos calcários de que precisa para subsistir. Por isso, torna-se escassa no resto do território galego.

Penedos de Oulego - Serra da Enciña da Lastra

Dá nome ao Parque Natural visto que parece que uma azinheira de grandes dimensões servia outrora de guia aos viajantes por estas encruzilhadas. É só uma história, mas uma azinheira como essa pode ser admirada num solar perto do cemitério de Covas, e tem o reconhecimento de Árvore Singular.

A acompanhar a azinheira, encontram-se outras espécies de tipo mediterrânico: sobreiros, carvalho-negral (carvalho de tronco pequeno), amendoeiras e oliveiras. Ao falar dos castanheiros também retrocedemos dois mil anos. Naqueles tempos, os romanos passaram e levaram destes montes o ouro para enriquecer o império. Em troca, deixaram dois tesouros: a língua e os castanhais, elementos magistrais desta paisagem.
A beleza das torres montanhosas dos Penedos do Oulego, as formas do barranco do Val do Inferno e as paredes de Pena Falcueira não deixarão ninguém indiferente. O Sil divide este sistema montanhoso gerando um desfiladeiro de grandes inclinações. O estreito de Covas constitui a experiência estética dos viajantes que atravessam a comarca de comboio.

E também seremos surpreendidos pelo interior da terra ou “palas”, palavra de origem pré-romana que significa grutas. Aqui, encontra-se a maior rede de cavidades subterrâneas da comunidade e as maiores colónias de morcegos nos aproximadamente duzentos algares e grutas registados. Algumas de grande comprimento, como a Cova da zorra (600 m) e marcos da espeleologia galega como a pala de Xilberte, a pala do Pombo, a de Trasmonte e a pala de Tralapala.

Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima