Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia
Início > Visite estes... destinos > Geodestinos > Terras de Ourense e Allariz > Acrescentar a "A Minha viagem"

Destacado...

Ourense, cidade da áuga

Ourense, cidade da áuga

A cidade de Ourense está intrinsecamente ligada à água. A do rio Minho que atravessa a cidade discorre debaixo de seis pontes...

ver mais

Poderá interessar-lhe…

Ver mais

Terras de Ourense e Allariz

Património

Ampliar
O geodestino possui entre outros atrativos o Caminho de Santiago, designado aqui Caminho do Sudeste-Via da Prata. Um percurso duplo (bifurcado desde A Gudiña) que permite conhecer pequenos núcleos com muita história como Xunqueira de Ambía e a colegiada. O itinerário atravessa Allariz e um pouco mais à frente um enclave minúsculo, mas com muita história chamado Armeá, ao lado de Santa Mariña de Augas Santas e a igreja, de grande tamanho e inacabada. O castro de Armeá (onde foram encontrados guerreiros pétreos que se podem admirar no Museu Arqueológico de Ourense) e esse templo-basílica foram declarados Conjunto Histórico-Artístico. Merecem visita Os Fornos da Santa que esteve quase a ser abrasada, mas donde foi retirada por intervenção divina.
Dois pesos pesados lideram este geodestino: as localidades de Ourense e Allariz, cada uma com um grande número de monumentos que reclamam a atenção. A capital da província é bem conhecida tanto pela vinculação com o rio Minho, como com o mundo romano. O Minho é atravessado na capital por várias pontes e um moderno passeio permite percorrer a margem. São muito representativas da capital termal da Galiza, de Ourense, as conhecidas Burgas, um espaço restaurado já nos limites do casco velho, no que manda sem dúvida a Catedral. O templo, da época romana tardia, foi erguido a partir do século XII, declarado basílica em 1837 e Monumento Nacional em 1931. Não há que esquecer a visita ao Museu Arqueológico.

Allariz teve a sorte de conservar quase intacto o núcleo principal, granítico tanto nas ruas como nos edifícios. A exemplar restauração mereceu o prémio Europa Nostra, e hoje a vila é um modelo do turismo sustentável galego. Os museos conformam uma pequena rede que, juntamente com a potencialização de negócios hoteleiros “com encanto” e o carinho com que foram trabalhadas as margens do rio, atraem milhares de visitantes. Já saindo do centro histórico é necessário referir a ponte románica de Vilanova

Entre os monumentos destas terras, podemos destacar em Baños de Molgas a capela pré-romana de Santa Eufemia de Ambía e o santuário de Os Milagres no monte Medo. Na arquitetura popular podemos descobrir o conjunto de espigueiros de A Merca e o conjunto de casas fidalgas em Sobrado do Bispo (Barbadás).
Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima