O Courel dos tesos cumes que ollan de lonxe prolonga-se entre O Cebreiro, ponto de entrada do Caminho de Santiago na Galiza, e o rio Sil pelo sul, mas sem chegar a tocá-lo. É uma das terras mais velhas da península.

O seu interesse geológico é manifesto: uma enorme quantidade de grutas vivas e de passadiços ou a espetacular dobra de Campodola (Quiroga), classificada como um dos monumentos geológicos da Europa.

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.

Terras do lobo, cavorcos do xabaril...

O Courel é a grande reserva verde da Galiza. Todas as espécies, menos as litorais, têm representação neste cruzamento geográfico de montanha, com o melhor das características atlânticas e mediterrânicas. Castanheiros à volta das aldeias e um reduto das oliveiras em Quiroga. As formações florestais típicas d’O Courel são as devesas, nome empregue para referir florestas de muitas outras espécies vegetais, geralmente nas nascentes dos rios.

Eiquí síntese ben pouco o que é un home...

Continua o canto à beleza natural nos versos do seu poeta nacional Uxío Novoneyra. A escassa população destes lugares, onde confluem as províncias de Lugo e Ourense com a comarca leonesa de El Bierzo, é atualmente uma das mais envelhecidas da Europa. Mas a vida respira verdadeira diversidade e história nos estreitos vales dos rios Lor e Lóuzara, Selmo e Sondón. Sobre os sopés verdes, descobre-se esse outro património d’O Courel que são as suas aldeias de ardósia, no coração da serra. De Romeor a Froxán e d'A Ferrería a Ferramulín, os quatro pontos cardeais.

Natureza singular

Cumes adscritos aos piornos-dos-tintureiros e, em geral, com predomínio do matagal, com urzais e “xesteiras”. Nas altitudes médias, florestas de carvalhos, bétulas e faias. Massas frondosas bem conservadas e relevantes como a da Devesa da Rogueira.

Abundante fauna com mais de 170 espécies de vertebrados: lobos, raposas, javalis, texugos, martas... Interessantes colónias associadas a algares e grutas.

Dados de interesse

Situação
Extremo sudeste da província de Lugo. Municípios d’As Nogais, Pedrafita do Cebreiro, Folgoso do Courel, Samos, Triacastela, O Incio, A Pobra do Brollón, Quiroga e Ribas de Sil.

Superfície
SIC "Ancares-Courel" 102 438,90 ha.

Acesso

  • A estrada LU-651 atravessa O Courel de norte a sul.
  • Chega-se à mesma pelo norte na descida d’O Cebreiro pela LU-633 Pedrafita-Sarria.
  • Do sul, desvio em Quiroga na N-120 Ponferrada-Ourense.

Serviços

  • Alojamento: Sim.
  • Comer: Sim.

Equipamentos
Aula da Natureza de Moureda do Courel (Folgoso do Courel).

Xunta de Galicia

© 2016 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Galicia
Arriba