Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia

Ribeira Sacra e Desfiladeiro do Sil

Sem perda

Os Peares é o local preciso onde se juntam os dois grandes rios do noroeste. De acordo com o dito popular, o Sil leva a água e o Minho a fama. A montante, os dois separadamente, formaram profundos desfiladeiros que no caso do Sil alcançam o ponto máximo nos 500 metros de profundidade. A estrada de serviço que parte d’Os Peares para as barragens hidroelétricas introduz-nos nesta paisagem com uma surpreendente sensação de aventura.

  • Santo Estevo de Ribas de Miño

    Santo Estevo de Ribas de Miño

  • Santa María de Pesqueiras

    Santa María de Pesqueiras

  •  San Vitoiro de Ribas de Miño

    San Vitoiro de Ribas de Miño

  • San Nicolao de Portomarín

    San Nicolao de Portomarín

  • San Paio de Diomondi

    San Paio de Diomondi

  •  San Xoán da Cova

    San Xoán da Cova

  • San Miguel de Eiré

    San Miguel de Eiré

  • Santo Estevo de Atán

    Santo Estevo de Atán

  • San Vicente de Pombeiro

    San Vicente de Pombeiro

  • San Fiz de Cangas

    San Fiz de Cangas

  • Mosteiro das Bernardas no Castro de Ferreira (Pantón)

    Mosteiro das Bernardas no Castro de Ferreira (Pantón)

Uma das formas mais espetaculares de conhecer a Ribeira Sacra é por água. Os dois cursos fluviais são navegáveis de catamarã. O Sil, a partir dos embarcadouros ourensanos de Santo Estevo (Nogueira de Ramuín) e Abeleda (Castro Caldelas). O Minho a partir da localidade lucense de Belesar (O Saviñao). Os itinerários turísticos seguem o seu trajeto pelo próprio coração da paisagem.

Os mosteiros mais próximos do fluir do Sil são os de Santo Estevo de Ribas de Sil e o de Santa Cristina. Ao primeiro, transformado em estabelecimento hoteleiro, chegamos vindos da localidade de Luíntra (Nogueira de Ramuín) ou, se quisermos prolongar o caminho, pelo mosteiro de San Pedro de Rocas (desvio na OU-536 em Tarreirigo, Esgos). O centro de interpretação do cenóbio de Rocas, considerado o primeiro da Galiza, valoriza a visita. Ao de Santa Cristina, chega-se por Parada de Sil por uma estrada de ida e volta. A descida até este mosteiro é feita por entre a densidade de árvores centenares. Também a partir de Parada de Sil, uma breve pista de terra conduz-nos até ao denominado Balcóns de Madrid. Trata-se de um miradouro sobre o abismo que dá vertigens. E na outra margem do rio, veremos o santuário de Cadeiras (Sober) e a planície de Monforte no horizonte. No caminho, não faltarão outros miradouros, como a andaimada entre Vilouxe e Caxide, onde o desfiladeiro alcança a sua altitude máxima.

De Castro Caldelas, cujo castelo permite observar previamente a paisagem, parte uma estrada que curva a curva se perde pelos segredos da Ribeira Sacra.

O desfiladeiro do Minho tem encostas mais suaves mas obriga o rio a dobrar-se em magistrais recantos. Dão origem a uma espetacular mudança de direção, por exemplo, no lugar d’A Cova (O Saviñao), por vezes denominado o Cabo do Mundo.

Os sopés orientados a sul estão adornados por vinhedos num longo abraço ao rio. A estrada local pela margem do rio a partir da aldeia de Belesar é merecedora de um passeio sem pressas, principalmente na época da vindima e na posterior explosão colorida do outono.

Nesta zona, quase todos os mosteiros estão situados na margem esquerda. As melhores possibilidades de acesso estão localizadas em Chantada e Monforte de Lemos. Igrejas como a de Cova, San Miguel de Eiré, San Fiz de Cangas; ou o convento de São Salvador na capital municipal de Pantón, Santo Estevo de Ribas de Miño e San Paio de Diomondi fazem da Ribeira Sacra do Minho uma autêntica rota do românico.

Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima