SERRA DO XISTRAL

Espaços naturais
1125
No Caminho de Santiago

Posição

Lugo

Abadín | Alfoz | Cervo | Mondoñedo | Muras | O Valadouro | Ourol | Vilalba | Viveiro | Xermade | Xove

A Coruña

As Pontes de García Rodríguez

Coordenadas:
43º 27' 33.2" N - 7º 32' 55.9" W

Descrição

Vento fértil
O intenso aproveitamento eólico desta pequena cordilheira de interposição entre a costa cantábrica e os interiores da Terra Chá delata a presença constante do vento. Entre eles a “xistra”, esse golpe de vento húmido e gélido que barre os cumes sem mais amparo que a rocha nua dalguns picos.
O maciço setentrional está formado pelo Xistral com o ponto mais elevado no Cadramón (1.062 m), os montes da Toxiza (832 m) e os da Carba (908 m). Além do vento, também são o reino do nevoeiro. Apanham as nuvens carregadas que deixam todos os anos quantidades significativas de precipitações. Apesar da proximidade do mar, as nevadas invernais não são raras. A água deposita-se nas planícies elevadas encharcando os pastos naturais e criando extensos depósitos de turba. São os matos que popularmente recebem o nome de barreiras, marisma ou lago. Por exemplo, nos lugares das Barreiras do Lago, Lagoa das Furnas, Tremoal da Charca de Santa Cruz...
Os principais rios que têm o nascente nestas montanhas são o Eume, na vertente atlântica, e o Landro, Ouro e Masma, na cantábrica. Os cavalos selvagens em liberdade são uma imagem frequente nesta serra.

Acesso

Desde Vilalba enlace com a LU-540 com desvios a leste em Muras e Ourol em direcção O Valadouro. Pela outra vertente, acessos locais desde Mondoñedo.

Caminhos de Santiago

Caminho do Norte

Situação

No Norte de Lugo, municípios de Abadín, Alfoz, Cervo, Mondoñedo, Muras, O Valadouro, Ourol, Vilalba, Xermade, Xove, Viveiro; e também o município corunhês de As Pontes de García Rodríguez.

Superfície

22.480,98 ha.

Servizos

Alojamento e refeições nas povoações próximas.

Também lhe pode interessar

Natureza Espaços naturais ZEC - Rede natura 2000
Arriba