FESTA DO POLBO

Interesse Turístico
483
Datas de realização: 12/08 - 12/08

Posição

O Carballiño - Ourense

Coordenadas:
42º 25' 48.0" N - 8º 04' 39.9" W

Descrição

Um produto rei da cozinha atlântica, proveniente do mar, tem o seu feudo n’O Carballiño, a 80 km da costa. A origem desta contradição está em que era o pagamento em espécie que se fazia na Idade Média às ordens monásticas de Oseira pela exploração dos seus bens portuários nas Rias Baixas. As pessoas d’O Carballiño, mais especificamente as das freguesias de San Xoán de Arcos e de Santa María de Arcos, também propriedades do mosteiro de Oseira, estavam encarregadas do seu transporte, preparação e venda no mercado.<br />
A tradição daquelas feiras e mercados é festejada desde 1962 com uma das mais importantes festas gastronómicas da Galiza. Cerca de 70 000 pessoas reúnem-se nesta vila, toda ela impregnada pelo cheiro a polvo que é cozido nos fogões de todos os estabelecimentos hoteleiros e no Parque Municipal. Nestas paragens nas margens do rio Arenteiro, acondicionadas com mesas e bancos, decorre a festa, invadida pelo ambiente de romaria tradicional, com numerosas atuações folclóricas e o protagonismo das peñas (associações).<br />
As pulpeiras (mulheres que amanham o polvo) de Arcos encarnam a secular tradição da preparação do polvo e cozinham cerca de 40 000 kg deste cefalópode, embora na festa também se possa comer caldo, carne ao caldeiro, empadas, vinho d’O Ribeiro, pão de Cea e a tradicional queimada, e também não faltam os famosos pastéis de creme d’O Carballiño.<br/><br />
<strong>A não perder:  </strong> Degustação de polvo nos postos ambulantes do Parque Municipal.

Outras características

Gastronómica
Festas Interesse Turístico Festas de interesse turístico nacional
Arriba