TERRAS DO MIÑO

Espaços naturais
1575
No Caminho de Santiago

Posição

Lugo

A Pastoriza | Abadín | Alfoz | Baralla | Begonte | Castro de Rei | Castroverde | Cospeito | Friol | Guitiriz | Guntín | Lugo | Láncara | Meira | Mondoñedo | Muras | O Corgo | O Páramo | O Valadouro | Ourol | Outeiro de Rei | Pol | Riotorto | Rábade | Vilalba | Xermade

Coordenadas:
43º 11' 26.6" N - 7º 31' 48.5" W

Descrição

O rio como bandeira
A floresta sagrada que significava a palavra latina “lucus” da qual derivou Lugo não se entende sem o rio Minho, venerado como um pai até à actualidade. A Reserva da Biosfera abrange desde as serras do norte até ao sul da cidade amuralhada. No total, quarenta por cento da província de Lugo, que conta, além disso, com outras duas reservas declaradas pela UNESCO, e mais da metade da sua população.
Estamos na bacia alta, mas não rápida. Permite-nos saborear o caminho com tranquilidade. Primeiro, Fonmiñá, gravado na memória escolar como lugar de nascimento do rio Minho, é merecedor de uma visita que se prolonga até às fontes mais altas da serra de Meira como o Pedregal de Irimia. Aqui encontraremos um humilde riacho entre grandes moles de pedra, acumulação de origem glaciar.
As águas rapidamente estagnam-se nas paisagens horizontais da comarca da Terra Chá. Outros rios unem-se à rede fluvial e as lagoas, sobretudo, ganham protagonismo. Depois aproxima-se à cidade de Lugo com uma história bimilenária concentrada nas muralhas romanas (Património Mundial) que é possível percorrer integramente pelo adarve. Porém, a dez minutos extramuros o rumor doce das águas chama por nós para descobrir as florestas sagradas e outras maravilhas naturais como as ilhas do rio.
As rotas da água ligam e aproveitam os caminhos de Santiago: o Caminho Francês, no limite sul da reserva; o Caminho Primitivo, que atravessa a cidade de Lugo; e o Caminho do Norte, proveniente da cornija cantábrica. Centos de quilómetros que manifestam a convivência histórica entre a natureza e as actividades humanas tradicionais da agricultura e a criação de gado.

Acesso

Principais ligações de leste a oeste: via rápida A-6 e N-VI; de norte a sul: N-640.

Caminhos de Santiago

Caminho do Norte
Caminho do Norte
Caminho do Norte
Caminho do Norte
Caminho do Norte
Caminho do Norte
Caminho Primitivo
Caminho Primitivo
Caminho Primitivo
Caminho Primitivo

Situação

Os municípios incluídos na Reserva da Biosfera ascendem a um total de 26: Abadín, Alfoz, Baralla, Begonte, Castro de Rei, Castroverde, O Corgo, Cospeito, Friol, Guitiriz, Guntín, Láncara, Lugo, Meira, Mondoñedo, Muras, Ourol, Outeiro de Rei, O Páramo, A Pastoriza, Pol, Rábade, Riotorto, O Valadouro, Vilalba e Xermade.

Superfície

363.668,9 hectares.

Servizos

Alojamento: Sim.
Refeições: Sim.

A não perder

O parque fluvial de Lugo estende-se em passeios, trilhos e passarelas que enlaçam entre si os recursos naturais e culturais vinculados ao rio. Um bom lugar de partida, a poucos minutos de Lugo, é o Centro de Interpretação na ribeira do rio Fervedoira. O passeio pela margem deste pequeno leito enlaça com a margem esquerda do Minho recuperado como uma magnífica área de lazer da cidade.
No Centro de Interpretação encontraremos toda a informação sobre o património natural e etnográfico que ao nos deslocarmos pela reserva poderemos ver em directo: as ilhas do rio, algumas com passarelas de acesso; os “caneiros”, numerosas barragens baixas dedicadas às famosas "pesqueiras" (muros de pedra construídos para a pesca da enguia ou lampreia) de enguia do Minho; ferrarias como o Mazo de Santa Comba. Neste aspecto, destaca-se também o Complexo Etnográfico da Fervenza que conta com moinho, "pesqueira" e frágua.
As principais vias de comunicação que atravessam a reserva permitem aceder de modo rápido a outros lugares de interesse. De um extremo a outro encontraremos excelentes amostras arquitectónicas como o mosteiro de Meira ou a fortaleza de San Paio de Narla (Friol), visitável e convertida em museu; vestigios arqueológicos como o castro de Viladonga ou as descobertas romanas de Santalla de Bóveda; ou exemplos de artesanato tradicional como a olaria de Bonxe (Outeiro de Rei).

Información e equipamentos

Promoción Turística “Terras do Miño”
Telefone: +34 902 101 117
Instituto Lucense de Desenvolvemento Económico e Social (INLUDES)
Telefone: +34 982 227 812
Deputación Provincial de Lugo. Reserva de la Biosfera "Terra do Miño"
Telefone: +34 982 265 358
Conjunto Etnográfico A Fervenza
Telefone: +34 982 150 610
Direção: CarreteraLugo-Páramo (O Corgo)
Centro de Interpretación Terras do Miño
Telefone: +34 902 101 117
Direção: Río Fervendoira - Lugo
Aula de Naturaleza del Veral (Lugo) y Centro de Recuperación de Fauna Salvaje O Veral
Telefone: +34 982 207 705
Direção: Carretera de Friol - Lugo

Plano

Arriba