FRAGAS DO EUME

Espaços naturais
2872
No Caminho de Santiago

Posição

A Coruña

A Capela | As Pontes de García Rodríguez | Cabanas | Monfero | Pontedeume

Coordenadas:
43º 25' 00.7" N - 8º 04' 05.2" W

Descrição

A floresta sonhada
O rio Eume, com cerca de cem quilómetros de extensão total, lavrou na maior parte do seu curso médio e final um profundo canhão. As abruptas encostas, nalguns pontos de até 300 metros de desnível, conservam o manto vegetal original das florestas atlânticas. Uma floresta com que todos sonhamos: a espessura, as estações transformadas em cores, um rio que conhece a aventura do salmão e procura a proximidade do mar para se converter em ria...

A palavra “fraga” também significa floresta em galego com árvores de várias espécies e é por esta razão que o manto caducifólio está formado de carvalhos e castanheiros acompanhados, por sua vez, de vidoeiros e amieiros, freixos e teixos, aveleiras e árvores de fruto silvestre, assim como pelos perenes loureiros, azevinhos e medronheiros. Todos constituem uma heterogénea selva na qual cada espécie ocupa o seu lugar. Os sobreiros, por exemplo, têm nestas encostas orientadas para sul o limite setentrional na Galiza. Nas ribeiras húmidas e sombrias conserva-se uma ampla colecção de líquenes, musgo e fetos que são uma das jóias das florestas climáticas como Eume, relictos da Era Terciária

Acesso

De Pontedeume ao mosteiro de Caaveiro, passando por Ombre, pela estrada local. Acesso à margem direita como a central do Eume nos desvios desde As Neves e Goente, na estrada AC-141 Cabanas-As Pontes de García Rodríguez. Margem esquerda pela estrada local que passa junto ao mosteiro de Monfero.

Caminhos de Santiago

Caminho Inglês
Caminho Inglês

Situação

Municípios corunheses de Cabanas, A Capela, As Pontes de García Rodríguez, Monfero e Pontedeume.

Superfície

9.125,65 ha. SIC: 9.076,82 ha.

Servizos

Em várias povoações à volta do Parque.

A não perder

O Parque conta com quatro portais de acesso e sem comunicação entre eles. O mais visitado é o que fixa como destino o mosteiro de Caaveiro. As encostas inclinadas só permitem esta entrada seguindo o curso do rio através do terreno pesqueiro de Ombre, a dez quilómetros de Pontedeume. Desde o refúgio de pescadores de Cal Grande partem os itinerários através da floresta.
Aos fins-de-semana o acesso com veículos está restringido, mas existe transporte colectivo até à ponte de A Figueira, o mais próximo ao mosteiro. Neste ponto, pé em terra, começa a subida de cerca quinze minutos até ao cenóbio beneditino de San Xoán de Caaveiro, recentemente restaurado. Um monumento de arte românica em plena natureza com vistas panorâmicas para as frondosas e para o céu. A entrada é gratuita com visita guiada, geralmente em turnos de 45 minutos. Sem problema durante os finsde- semana, feriados e temporada alta. O resto do ano, consultar. O horário sofre modificações sazonais.
Uma vez chegado ao alto, e visitado o mosteiro, o trilho pode continuar-se numa breve descida até ao rumor do Sesín, que desagua no Eume um pouco mais abaixo do mosteiro. Merece a pena admirar a bravura de poças e fontes verdes filtradas de musgo. O mesmo Sesín pode ser abordado águas a montante por outro itinerário diferente a este. Desde a estrada de Cabanas a As Pontes de García Rodríguez, tomando o desvio em As Neves que conduz a Gunxel com os moinhos de Sesín e depois continua para a antiga central hidroeléctrica de Ventureira. A pista estreita-se a partir daqui nas numerosas curvas das encostas arvoradas deste itinerário que enlaça, na margem esquerda com a estrada de Rebordelo (Monfero).

Natureza senlleira

Floresta mista de frondosas, considerada uma das mais extensas da Galiza litoral e relevante a nível europeu como floresta climácica. Os carvalhos cobrem os sopés do canhão fluvial acompanhados de um amplo repertório vegetal e florestas de ribeira. A humidade propicia variedades de fetos de grande interesse. É necessário mencionar as 103 espécies de aves, 41 de mamíferos e 8 de peixes, espécies endémicas de invertebrados e répteis como a rã ibérica.

Información e equipamentos

Parque Eólico Experimental Sotavento
Telefone: +34 981 563 777
Centro de Recepción do Portal de Monfero
Telefone: +34 881 063 992
Direção: DP-5003
Centro de Recepción
Telefone: +34 981 432 528
Direção: CarreteraOmbre-Caaveiro, km 5

Plano

Arriba