QUEIMADA POPULAR DE CERVO

Interesse Turístico
423
Datas de realização: 17/08 - 17/08

Posição

Cervo - Lugo

Coordenadas:
43º 40' 12.0" N - 7º 24' 30.9" W

Descrição

Nestas paisagens existe algo de mágico que se perde com anterioridade à ilustração, à história de apoteoses e tristeza experimentada por Raimundo Ibáñez, o Marquês de Sargadelos, criador de indústrias de fundição e de porcelana, as Reais Fábricas que deram prestígio a tudo o que está relacionado com a Galiza. Lição aprendida pelas "indústrias da memória", o novo "Sargadelos" que desde os anos setenta se preocupa em conciliar tradição com criatividade, arte e indústria. Esses espíritos tão práticos do passado e do presente parecem conciliar-se nas margens do rio Xunco o sábado seguinte ao 16 de Agosto e perante a grande "queimada popular" no participativo e teatral "esconjuro", entre as chamas da aguardente com que se dá o "vade retro" a todo aquele que atenta contra a vida, a solidariedade e a palavra. Depois de partilhar e beber o líquido queimado, como se se tratasse de uma porção ou de um elixir de meigas e trasnos, todo o participante parece rejuvenescer integrado num povo solidário, trabalhador e criativo.

Outras características

Folclóricas
Gastronómica
Festas Interesse Turístico Festas da Galiza de interesse turístico
Arriba