GERÊS - XURÉS

Espaços naturais
1311

Posição

Ourense

Bande | Calvos de Randín | Entrimo | Lobeira | Lobios | Muíños

Coordenadas:
41º 51' 22.7" N - 8º 05' 45.7" W

Descrição


Horizontes de granito
Onde a fronteira abraça os mapas da Galiza e Portugal, as serras cortam o horizonte celeste com as cores do granito. Em redor deste núcleo rochoso, que brota em cumes com erosão de séculos, uma imensa floresta deitou raízes. Atlântico pela humidade, mediterrâneo por temperatura, semialpino por altitude. É uma das maiores reservas transfronteiriças da União Europeia. Destaca-se, segundo o seu recente reconhecimento, como Reserva da Biosfera pela UNESCO “pela variedade dos ecossistemas de floresta e mato, assim como pelo considerável número de espécies endémicas sob a influência conjunta do clima oceânico e mediterrâneo”.
As matas da Albergaria, do Cabril, do Beredo e Ramiscal são espaços de acesso restringido dentro do Parque Nacional luso e figuram como uma das melhores florestas peninsulares, tal como a floresta da Barxa, na zona de reserva do Parque Natural galego.

Acesso

Desde Ourense, direcção a Celanova e Portugal, pela OU-540. Desde Xinzo de Limia pela estrada municipal OU-301 até Bande. Por Portugal, múltiplos acessos por estrada. Dentro do Parque Nacional português existem rotas com restrições ao acesso com veículos.

Situação

Os municípios incluídos na Reserva da Biosfera ascendem a um total de 11. Seis em Galiza: Lobios, Entrimo, Muíños, Lobeira, Calvos de Randín e Bande. Cinco em Portugal: Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Terras de Bouro e Montalegre.

Superfície

259.496 hectares (62.916 ha na Galiza e 205.580 ha em Portugal).

Servizos

Alojamento: Sim.
Refeições: Sim.

A não perder

Não será difícil encontrar topónimos de quase todas as origens e povos que ocuparam estas terras, assim como os vestígios monumentais e artísticos que nos deixaram. A cultura dos povos pré-romanos representada nos impressionantes dólmenes espalhados por toda a zona. Monumentos latinos de primeira ordem como o acampamento romano de Aquis Querquernis, visível e visitável quando as águas da barragem de As Conchas baixam o nível. Porém, todo o ano conta com instalações que servem de excelente exemplo explicativo do processo da romanização pelas armas e as palavras deste extremo do Império romano. Perto dela também está a igreja de Santa Comba de Bande, exemplo insigne do estilo arquitectónico visigodo. Para amostras da arquitectura barroca, o município de Entrimo oferece a magnífica fachada da igreja de Santa María a Real. Em qualquer canto, as construções populares como os moinhos, “alvarizas”, “chivanas” (refúgios de pastores no monte), espigueiros (“canastros” em galego), fontes, cruzeiros, caminhos, muros, etc., apresentamnos no seu corpo de pedra a profunda e rica criatividade popular. Na vertente portuguesa, o ponto de peregrinação popular mais importante situa-se no santuário da Peneda e a famosa cascata em época de chuvas, no município de Melgaço. Os itinerários de acesso possíveis situam-se desde a vertente do Minho ou atravessando a “raia” desde Entrimo, também pelo interessante ponto do castro Laboreiro.

Información e equipamentos

Sede del Parque Natural Baixa Limia-Serra do Xurés
Telefone: +34 988 448 048
Centro de Interpretación del Parque Natural
Telefone: +34 988 448 048
Telefone 2: +34 988 448 181}
Direção: Lobios
Centro de Interpretación Arqueológica Aquae Querquennae - Via Nova
Telefone: +34 988 444 401
Telefone 2: +34 988 448 181}
Direção: Porto Quintela (Bande)

Plano

Arriba