PARQUE NATURAL MONTE ALOIA

O parque natural máis antigo de Galicia

tb://14954/plano.png

O monte imaginado

Parque natural Monte Aloia

O monte alberga restos pré-históricos e romanos, e a sua história está cheia de lendas

Declarado Parque Natural em 1979, o primeiro da Galiza, o Monte Aloia destaca-se pelos 629 metros de altitude do Alto de San Xiao. O engenheiro florestal Rafael Areses transformou esta paisagem há 100 anos, pois levou a cabo uma exótica reflorestamento que incluiu vegetação autóctone e outras espécies, como o cipreste, o abeto e cedros do Líbano, entre outras.

Recomendamos visitar a Casa Florestal, um curioso edifício onde se encontra o Centro de receção de visitantes. O monte alberga restos pré-históricos e romanos, e a sua história está cheia de lendas, como a que afirma que se trata do mítico Monte Medulio, cenário do suicídio coletivo das tribos celtas antes de caírem nas mãos dos romanos.

Na Ermida de San Xiao celebra-se uma romaria popular no final de janeiro; a tradição manda subir o monte pela localidade de Tui.

ACESSOS: O acesso por Tui, Gondomar e Baiona é pela estrada PO-340 para continuar em direção ao monte Aloia, até alcançar a Ermida de San Xiao. Após abandonar a aldeia de Frinxo, encontraremos um desvio para aceder à Casa Florestal que alberga o Centro de interpretação da natureza.
tb://14947/camara.png

As melhores panorâmicas

As mellores panorámicas

Descubra nas alturas a paisagem do Baixo Minho até às Ilhas Cíes

Não se esqueça de incluir levar binóculos durante a sua visita.

Os seis mirantes do Monte Aloia não nos dececionam quando o céu está limpo. Poderá desfrutar de espetaculares vistas dos vales do Minho e do Louro, da desembocadura do Minho, do monte Santa Trega ou das Ilhas Cíes.

Vários dos mirantes destacam-se pelo seu design, já que construíram gradil de pedra que imitam os troncos das árvores com a intenção de camuflar-se.

tb://14956/sendeirismo.png

Trekking pelo Monte Aloia

Sendeirismo polo Monte Aloia

Descubra o prazer de se deixar levar, mas sempre sabendo qual é o seu destino

Trata-se de rotas muito simples e fáceis de fazer.

A senda dos Muíños do Tripes está formada por passarelas e pontes de madeira que permitem visitar um conjunto de moinhos reabilitados. A rota Rego da Pedra pode ser feita a partir da própria Casa Florestal ou da aldeia de Frinxo, percorrendo uma antiga canalização de pedra construída para transportar água aos campos de cultivo.

  Dificultade Distancia Tempo Tipo
Senda das UdenciasPOUCA600 m30 minLINEAR
Senda botánicaPOUCA400 m30 minLINEAR
Rego de PedraMÉDIA2,4 Km1,30 hCIRCULAR
Muíños do TripesPOUCA/ MÉDIA2,5 Km1,30 hCIRCULAR
Muíños de Paredes / Muíños do DeiqueMÉDIA/ ALTA6,5 Km3,30 hLINEAR
Castro Alto dos CubosPOUCA4,5 Km2 hCIRCULAR
Cabana-CabaciñaPOUCA/ MÉDIA2 Km1 hCIRCULAR
A MurallaMÉDIA2,5 Km2 hCIRCULAR
tb://14963/ruta-por-estrada.png

Rota do Baixo Minho

Ruta do Baixo Miño

Embarque numa viagem por um território partilhado pelos montes Aloia e Santa Trega, o Mar Atlântico e o rio Minho

A nossa proposta é um itinerário de três dias, cujo objetivo final será visitar o Parque e poder contemplar, a partir do seu ponto mais alto, parte do trajeto que foi realizado. Poderá combinar com veículo, com curtas distâncias a pé.

No primeiro dia, visitaremos Baiona e Oia, e finalizaremos em A Guarda, no Monte Santa Trega.

No segundo dia, partiremos para O Rosal, sede de várias bodegas da D.O. Rías Baixas, e visitaremos as localidades de Goián e Tomiño.

O último dia estará reservado para visitar a cidade histórica de Tui e o Parque Natural do Monte Aloia.

MAIS INFORMAÇÃO EM:

Centro de Interpretación da Natureza Casa Forestal Ingeniero Areses Frinxo, 37
Pazos de Reis 36715. Tui
T. 886 120 650

Descarregue o folhetoDescarregue aqui o folheto em formato PDF
Alojamentos | Restaurantes | Turismo ativo e desportivo
NÃO DEIXE DE VER
NÃO DEIXE DE VER
Uma seleção de quatro visitas obrigatórias que não passarão despercebidas e que mostram a essência do Parque Natural del Monte Aloia
Cruz de Pedra
Cruz de Pedra

Subir até ao alto de San Xiao para contemplar a panorâmica da desembocadura do rio Minho e visitar a cruz construída em 1900 para celebrar o novo século.

Castro Alto dos Cubos
Castro Alto dos Cubos

Visitar os restos arqueológicos deste assentamento pré-romano através de uma rota de 4,5 quilómetros que começa em Frinxo.

Rota Botânica
Rota Botânica

Um pequeno itinerário junto à casa Florestal que mostra com painéis explicativos a diversidade vegetal e explica, de forma lúdica, como identificar as espécies.

Casa Forestal do Enxeñeiro Areses
Casa Forestal do Enxeñeiro Areses

Com uma original construção realizada em 1921, encontraremos uma exposição permanente e ampla informação sobre o Parque.

Arriba
Ajude-nos a melhorar!