COVA DO REI CINTOLO

Espaços naturais
No Caminho de Santiago
1055
Natureza Espaços naturais Outros espaços naturais

Posição

Freguesia: Argomoso (San Pedro)

Mondoñedo - Lugo

Coordenadas:
43º 23' 42.0" N - 7º 22' 09.0" W

Descrição

Entramos numa cavidade natural singular mas de estrutura labiríntica e, portanto, plural de possibilidades. Sete quilómetros e meio de comprimento explorado distribuídos por três galerias principais de origem cársica num terreno com presença de ardósia o que lhe confere personalidade geológica para além das características formações como colunas de estalactites e estalagmites, chaminés de descarga e bandeiras. O desnível máximo aproxima-se dos 75 metros, com águas interiores que alimentam diversos lagos e uma corrente subterrânea ou rio Celtas na cota inferior.

Este é o santuário entre a ciência e a lenda da espeleologia galega. A força mítica do seu nome transformou-se finalmente em procura turística. Já se previu a construção de um centro de interpretação da cova próximo da única entrada à gruta e a abertura ao público do trecho central com boas condições horizontais para a visita de cerca de 300 metros, ida e volta.

Contudo, também não defrauda, à luz do sol, a paisagem exterior. A rota de passeios pedestres da água liga o original bairro mindonhense de Os Muiños com a Cova do Rei Cintolo atravessando o moinho de Lavapés e o Salto do Coro no rio Valiñadares.

FAUNA: Refúgio de morcegos pertencentes a diversos géneros ( Rhynolophus, Myotis...) e interessantes colónias de invertebrados: no interior foi descoberto algum crustáceo único no noroeste peninsular.

SERVIÇOS: Em Mondoñedo.

Visitas

Outras restrições:
Requisitos:
Duração mínima: 1:30
Reserva prévia
Visitável
Horários:

Camiños de Santiago

Caminho do Norte

Superfície

Situação

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.
Última atualização: 04/05/2015
Arriba