Ria de Viveiro

Em pleno Cantábrico, o mar funde-se com a foz do rio Landro e forma a Ria de Viveiro. A ria está salpicada de preciosas enseadas e praias como Area ou Covas (que alcança 1,5 km), muitas com bandeira azul. A ria é também muito apropriada para o mergulho, já que além das singulares fauna e flora marinhas, na ria de Viveiro há mais de 30 embarcações afundadas, sendo algumas destroços de uma terrível batalha naval durante a Guerra da Independência.

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.

De origem medieval, a cidade de Viveiro conserva um elegante casco antigo, dos mais importantes da Galiza, destacando-se a Porta de Carlos V, monumento nacional, e conhecida como "A Maior". Muito perto, o porto de Celeiro, especializado em pesca fresca, com uma lota e um leilão que são um fantástico espetáculo ao vivo.

E, para não se perder, uma visita ao bosque, ao Souto da Retorta em Chavín para admirar "O Avó" (O Avô), que com 126 anos e cerca de 70 m de altura é o maior eucalipto da Europa.

 

Xunta de Galicia

© 2016 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Galicia
Arriba