Faróis e praias selvagens

Se há um som na Galiza que nunca para, esse som é o do bater do mar contra as rochas; um mar bravo no qual até mesmo os mais aguerridos marinheiros viveram momentos difíceis; um mar que, nalguma época, foi habitado por sereias.

Maré após maré, a costa galega vai-se moldando dando lugar a praias selvagens, tanto de ria como de mar aberto; areais infinitos, ideais para se percorrerem com a suave carícia da brisa marinha salgada no rosto e sentindo a areia húmida por baixo dos pés. Como não podia deixar de ser, a nossa costa está guardada por numerosos faróis, vigias situadas em impressionantes pontos que ajudam as embarcações, dia após dia, a chegar a bom porto.

Percorrer a nossa costa pode ser uma experiência única se, além de admirarem a sua beleza, a viverem de uma forma diferente: mergulhem nos nossos mares, sintam a brisa marinha enquanto praticam surf, naveguem nas nossas águas e visitem sítios tão impressionantes como as nossas ilhas, que guardam tesouros de todos os tipos; conheçam os nossos faróis um a um, todos eles testemunhos diretos das travessias que os navios fazem ao longo da nossa costa... Em suma, deixem as vossas pegadas nos nossos areais mais selvagens e permitam que, por seu turno, a Galiza faça o mesmo convosco.

Xunta de Galicia

© 2016 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Galicia
Arriba