Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia
Início > Viva estas… experiências > Rotas turísticas > Ruta da Costa da Morte > Acrescentar a "A Minha viagem"
Costa da Morte

GEODESTINO

Costa da Morte

Era aqui que se encontrava o fim do mundo, o "Finis Terrae" dos romanos. Mais concretamente, o cabo Finisterra, um lugar fascinante...

Cabo Finisterra

DESTACADO

Cabo Finisterra

O "finis terrae". Porque razão alguém viria ao fim do mundo?

Rota turística da Costa da Morte...

Descrição

A Costa da Morte ocupa o segmento noroeste do litoral galego, estendendo-se ao longo de dezenas de quilómetros, dentro dos limites da província da Corunha. Nesta costa, encontramos praias desertas, enseadas e falésias. Os cabos, como os de Finisterra, Touriñán e Vilán, penetram num oceano bravio de águas agitadas.

Tudo isto conforma uma paisagem inconfundível, marca de identidade desta zona.

Ampliar

As suas aldeias convidam a um passeio tranquilo a observar o trabalho dos homens e mulheres do mar. É uma terra de mistério, de lendas e mitos. A sua beleza paisagística e o interesse cultural que tem, fazem desta zona um marco único e de especial encanto para o visitante.

Devido ao seu valor ecológico, esta parte de Galiza alberga dois Lugares de Importância Comunitária (a Costa da Morte quase na sua totalidade e o Rio Anllóns)e uma Zona Especial de Proteção para as Aves (Ilhas Sisargas), assim como uma Paisagem Protegida (Penedos de Pasarela e Traba). Para o interior, a terra forma suaves colinas, cobertas por campos de milho, pastos e florestas.
A personalidade da Costa da Morte está marcada pela sua condição de limite ocidental da Europa. Desde a antiguidade, o ser humano considerou esta lugar como a Finisterrae, o fim do mundo, a porta ao Mais Além. Quando chegaram a este lugar, os romanos presenciaram e relataram o espetáculo do sol a mergulhar no Oceano Atlântico, uma imagem gravada na imaginação coletiva desde há tempos muito remotos.
É uma das zonas mais ricas da Europa em exemplos de cultura megalítica. A visita ao dólmen de Dombate ou ao castro de Borneiro, enclaves de grande valor histórico, fazem-nos recuar milhares de anos no tempo, para conhecer um pouco mais sobre a vida dos nossos antepassados. Com a chegada do cristianismo, muitos destes lugares sagrados dos primeiros povoadores destas terras foram sendo assimilados pelas novas crenças.
Nas celebrações religiosas de hoje em dia, ainda é possível sentir os substrato ancestral panteísta e pagão que as anima. No santuário de Virxe da Barca, em Muxía, reúnem-se todos os anos milhares se fiéis numa das romarias mais importantes da Galiza.

Em frente a estas costas navega boa parte do tráfego marítimo do Atlântico Norte. Tendo em conta que a linha de costa é muito acidentada e que as tempestades e temporais são habituais nos meses de Inverno, compreendemos por que motivo a Costa da Morte foi palco de inúmeros naufrágios. Em frente ao mar, é possível ver cruzes em memória às suas vítimas. O cemitério dos Ingleses deve o seu nome aos inúmeros mortos por afogamento causados pelo afundamento do navio inglês Serpent, em 1880.

O estilo de vida dos habitantes da Costa da Morte está intimamente ligado ao mar. A sua economia baseia-se no peixe e no marisco. Uma das imagens mais representativas desta zona é a do trabalho dos "percebeiros", que saltam de rocha em rocha, esquivando os golpes do mar. Como não podia ser de outro modo, a gastronomia destes lugares aproveita a grande qualidade e variedade dos seus peixes e mariscos.

A Costa da Morte preserva as tradições dos seus antigos ofícios e trabalhos de artesanato. A renda de bilros, sobretudo em Camariñas, mas também noutras localidades, recebe mostras de reconhecimento a nível internacional. Por outro lado, Buño é famosa há séculos devido à sua importante atividade oleira.

Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima