Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia
Início > Visite estes... destinos > Surpreendente > Cabo Fisterra > Acrescentar a "A Minha viagem"

Poderá interessar-lhe...

Ver mais

O Cabo Finisterra

O Cabo Finisterra

Este lugar foi considerado surante séculos como o limite das terras conhecidas, a fronteira do Além, o Fim do Mundo.

Farol do Cabo Finisterra

A ponta é uma falésia em ascensão desde os temíveis ilhotes de O Petonciño e A Centola até ao monte de O Facho (242 m) onde parece que se encontrava o Ara Solis da Antiguidade para a celebração dos ritos solares. Tradicionalmente, é considerado o ponto mais ocidental do continente, embora esse título não lhe corresponda. O Camiño de Santiago prolonga-se até aqui para os peregrinos que, segundo a tradição, queimam as roupas na orla do mar antes de iniciarem o regresso a casa.

Desde o princípio dos tempos, Finisterra evoca um mistério indecifrável na alma dos homens. As raízes da aura lendária destas paragens, abertas à imensidão do Oceano Atlântico, descansam na mitologia dos primeiros povoadores da Europa. Os antigos acreditavam que o mundo terrenal dava lugar, com a chegada da morte, a outra existência numa ilha situada a oeste, onde o sol se punha. Nas lendas celtas, e frequente encontrar imagens de heróis que fazem a sua última viagem até este paraíso numa barca de pedra. Esta união de pedra, mar e espiritualidade pervive em diversas formas ao longo da Costa da Morte.

Quando os romanos chegaram a este lugar, presenciaram pela primeira vez o espetáculo grandioso do sol que se afuna nas águas. Encontraram um altar dedicado ao astro rei, o Ara Solis, erguido pelas tribos celtas da zona. Diversas fontes encontram um paralelismo direto entre a imagem do sol a afundar-se no mar e a óstial e o cálice que formam o escudo da Galiza. Hoje, uma praça da localidade recebe o nome de Ara Solis.

O ponto mais concorrido é o mirador do farol, com a luz do atardecer a irradiar o horizonte.

Antes da chegada do Cristianismo, os europeus já viam na Finisterra um ponto de peregrinação obrigatório. Mas, depois da descoberta do túmulo do Apóstolo, a rota para o ocidente atlântico atingiu o seu máximo esplendor. O Caminho de Santiago, guiado pelas luzes da Via Láctea, termina aqui, em frente ao oceano. Assim, o visitante que deixe o seu olhar voar desde este promontório, não só desfrutará de vistas de grande beleza; estará também a participar num mito que intimida e atrai os homens há milhares de anos.

Para chegar ao Farol, tomamos uma pequena estrada que parte da aldeia de Fisterra. No trajeto teremos a oportunidade de vislumbrar impressionantes vistas da linha de costa e a ria de Corcubión. Das imediações do farol, podemos aproximar-nos do cemitério municipal, uma inovadora obra do arquiteto César Portela. Distante do conceito tradicional, este campo-santo é constituído por formas cúbicas situadas na borda do mar. Vale a pena continuar a nossa ascensão pela ladeira do monte Facho. No topo, encontraremos os restos do que foi a ermita de São Guilherme. Prestaremos especial atenção ao ponto conhecido como "Cama de São Guilherme". Trata-se de um espaço escavado na rocha do solo, adequado às dimensões do ser humano. Segundo a tradição popular, as mulheres da zona iam a este lugar para pedir fertilidade ao santo.
Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima