Continuamos o nosso périplo pelos “10 lugares únicos da Galiza”, passando de uma cidade para outra. Chegamos A Corunha para admirar a Torre de Hércules, o farol mais antigo do mundo – de origem romana – em funcionamento, o que lhe valeu a declaração de Património da Humanidade pela UNESCO.

O Farum Brigantium foi construído pelo Império Romano em finais do século I ou a princípios do século seguinte. Situado na entrada do porto de A Corunha, este monumental farol foi concebido para facilitar a navegação ao longo da recortada costa galega, um ponto estratégico na rota marítima que unia o Mediterrâneo ao noroeste da Europa.

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.

Segundo conta uma lenda, o herói grego Hércules chegou a Espanha à procura do gigante Gerião, para libertar estas terras do seu abusivo poder. O confronto que protagonizaram prolongou-se durante três dias e três noites, sendo o resultado favorável a Hércules, que venceu o gigante e lhe cortou a cabeça, enterrando-a junto ao mar. Nesse lugar, para comemorar a vitória, foi construído um farol, em cujas proximidades se fundou a cidade de Crunia, nome da primeira mulher que habitou o lugar e da qual Hércules se enamorou.

Subi as suas empinadas escadas e, após chegar ao topo, desfrutai de uma impressionante panorâmica da cidade de A Corunha e do oceano Atlântico, enquanto o vento sopra com força. Mas tomai cuidado para não fazer ruído, é melhor não despertar o gigante... Após esta panorâmica sobre a cidade, percorrei o passeio marítimo, e visitai as conhecidas praias de Orzán e Riazor; o bater do mar nesta zona é um espetáculo fantástico. Se continuardes pelo passeio, em direção a O Parrote, chegareis até Porta Real, por onde acedereis à zona de A Mariña com as suas galerias, às quais A Corunha deve a denominação de “cidade de cristal”.

Aproveitai para percorrer esta fachada da cidade, onde podeis parar para beber algo num dos seus tradicionais cafés, enquanto degustais um delicioso gelado artesanal. Visitai também os jardins de Méndez Núñez e a seguir passeai pela Rúa Real, que desemboca na praça mais conhecida da cidade, a de María Pita. Aí, podeis admirar uma estátua em honra da heroína mais popular da cidade, ao mesmo tempo que tomais um delicioso aperitivo nalguma das suas esplanadas.

Interessa-lhe...
- Horários de visita da Torre de Hércules: De outubro a março (de segunda-feira a domingo): Das 10:00 às 18:00:00 horas. De abril a setembro (de segunda-feira a domingo): das 10:00 às 19:00 horas. Julho e agosto (de segunda-feira a domingo): das 10:00 às 21 horas. Mais informação em www.turismocoruna.com.

Despedi-vos até uma próxima oportunidade desta bonita “varanda do Atlântico” com a sensação de que haveis sido acariciados não apenas pelo cheiro do mar e o vento salgado, mas também pela sua gente; já desde tempos antigos se diz que esta é a cidade onde ninguém é forasteiro.

Arriba