A primeira paragem do nosso percurso pelos “10 lugares únicos da Galiza” é a Ribeira Sacra, onde se encontra a maior concentração de construções religiosas de estilo românico da Europa.

A Ribeira Sacra é uma terra marcada pelos rios Minho e Sil que, na sua passagem entre as montanhas, vão moldando a sua bonita paisagem. Tudo isto, unido à fé e à espiritualidade que ainda envolve os numerosos conventos disseminados por estas terras, faz deste recanto da Galiza uma aposta segura para os sentidos.

Entrai nesta atmosfera mágica para conhecer um lugar tão especial como Santo Estevo de Ribas de Sil, um antigo convento cujo edifício foi totalmente reabilitado e integrado na rede de Paradores Nacionais. Outro dos conventos que não podeis perder é o de San Pedro de Rocas, um templo escavado na rocha. Ao entrar na igreja, a sensação é muito similar à de estar numa gruta primitiva. Contornando o templo, podereis descobrir sepulturas antropomorfas às quais a pedra, a chuva acumulada e o líquen dão um cunho mágico. Mas estes são apenas dois exemplos de todo o património que podeis encontrar na Ribeira Sacra, havendo muitíssimo mais à vossa espera nas ribeiras do Minho e do Sil, como as igrejas de San Paio de Diomondi e a de San Miguel de Eiré, ou os mosteiros de Santa Cristina de Ribas de Sil e Montederramo.

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.

Mas nem tudo é património arquitetónico na Ribeira Sacra; a sua paisagem, formada por bosque autóctone, é o lugar ideal para que os amantes da natureza possam percorrer distintos percursos. Não vos esqueceis de fazer uma paragem para contemplar a grande obra da natureza no desfiladeiro do rio Mao, com os seus impressionantes saltos. E, se do que gostais é contemplar paisagens, não deixeis de visitar a Parada de Sil, onde vos aguardam os desfiladeiros mais agrestes e escarpados de toda a zona. Os mais famosos são os balcones de Madrid” a partir dos quais é possível apreciar a espetacularidade dos desfiladeiros, em locais suspensos sobre o vazio, mas que não se recomendam a quem sofra de vertigens.

Falar da Ribeira Sacra também é falar de vinho, que tem uma presença muito significativa nestas terras: a sua paisagem está marcada pelos conhecidos socalcos, vinhedos em degraus situados nas ladeiras das montanhas. Já que estais nestas terras, não percais a oportunidade de provar os seus deliciosos vinhos, que formam parte de uma das 5 denominações de origem vinícolas que existem na Galiza.

Interessa-lhe...
- Mais informação em www.ribeirasacra.org

Esperamos que vos despeçais da Ribeira Sacra com o espírito em paz depois de ter percorrido os seus montes mágicos, onde a natureza selvagem e a fé convivem em perfeita harmonia. Guiados pelas margens do rio Minho ou navegando pelos desfiladeiros do Sil, descobrireis recantos inacessíveis por terra onde se escondem autênticas joias medievais entre os socalcos que fazem destas paragens um lugar muito próximo do paraíso.

 

Xunta de Galicia

© 2016 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Galicia
Arriba