Turgalicia Turismo de Galicia

Xunta de Galicia

Top Ten: Dez lugares únicos

Caminho de Santiago

Fazemos agora uma interrupção extraordinária no percurso para fazer algo especial: vesti a vossa roupa desportiva, calçado cómodo e levai uma mochila, pois não deveis deixar a Galiza sem percorrer, pelo menos, um pequeno troço do Caminho de Santiago, que tem os seus próprios segredos à espera de serem descobertos por todos vós.

Ampliar
O caminho de peregrinação para Santiago teve um papel fundamental no intercâmbio cultural entre a Península Ibérica e o resto da Europa durante a Idade Média. Por isso, o Caminho de Santiago foi declarado o Primeiro Itinerário Europeu de Interesse Cultural pelo Conselho da Europa. O denominado Caminho Francês foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO. Este é o percurso que tem maior tradição histórica, sendo o mais conhecido internacionalmente. Começa em Roncesvalles (Navarra) e chega até Santiago de Compostela, após um percurso de 750 quilómetros. Trata-se de um caminho que une a Europa ao norte de Espanha, passando por igrejas, pontes, catedrais, conventos… sempre com o verde como pano de fundo.
Se quereis obter a Compostela, deveis fazer os últimos 100 quilómetros a pé ou a cavalo ou então os últimos 200 em bicicleta. Não vos esqueceis de que a credencial do peregrino deve estar devidamente preenchida com, pelo menos, 2 carimbos por dia. O ideal seria fazê-lo a partir de Sarria, pois esta localidade dista de Santiago de Compostela cerca de 113 quilómetros.
No caminho a partir de Sarria entrareis em contacto com o coração da Galiza mais rural, atravessando as províncias de Lugo e de A Corunha. Durante o percurso, passareis por carvalhais, pequenos bosques e prados nos quais podereis ver vacas de raça rubia galega ou frisona, pastando tranquilamente. Esta é, sem dúvida, a melhor oportunidade para ver de perto como é a vida no campo e para encher os pulmões com o ar puro destas verdes terras.
Aproveitai a vossa passagem pelo município de Arzúa para provar os seus deliciosos queijos com denominação de origem: uma deliciosa paragem no caminho para descansar e recuperar forças.
Continuando o caminho, sempre com a natureza como companheira de viagem, ir-nos-emos aproximando, pouco a pouco, das terras de Santiago. Um último esforço levar-vos-á até à aldeia de San Marcos, a última etapa antes de chegar ao Monte do Gozo. A partir daí, os peregrinos avistam a cidade de Santiago de Compostela: as torres da catedral são o melhor aliciante para continuar, apesar do cansaço acumulado. Além disso, é muito provável que encontreis outros grupos de peregrinos, o que dará ainda mais emoção ao momento. A partir daí, ireis descendo até chegar a San Lázaro, para prosseguir, sem pressa, mas sem pausa, para o vosso destino final, mas antes deveis percorrer o popular bairro de San Pedro ou atravessar a Porta do Camiño e a Plaza de Cervantes. Quando chegardes à monumental Praza do Obradoiro, a emoção apoderar-se-á de vós: o som da gaita de foles em fundo, a catedral como protagonista do momento, o cansaço acumulado e a sensação de ter cumprido um objetivo, um desejo.
Interessa-lhe...
- Mais informação em www.xacobeo.es
Partilhe-me em...

A minha viagem

A miña viaxe

Preparando a viagem...

Armazene toda a informação necessária para organizar a sua viagem: museus, monumentos, locais de interesse, alojamentos, restaurantes...

Depois de o fazer, poderá ver o plano do seu itinerário, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS

Durante a viagem...

Já está a usufruir da Galiza. Aqui poderá consultar o plano da sua rota, guardar informação em PDF ou exportar as suas localizações em GPS. Se dispuser de um telemóvel com GPS, poderá ver a sua localização no mapa.

Despois da viagem

Agora que regressou, poderá anotar o que lhe pareceu aquilo que visitou e, também, marcar aquilo que não pôde ver, para não se esquecer da próxima!

Entrar
Xunta de Galicia Turismo de Galicia

© 2013 Turismo de Galicia | Todos os direitos reservados
Política de privacidade | Contacto | Accesibilidade

Acima