A Fraga de Catasós, nos arredores da vila de Lalín, a meio caminho entre Santiago e Ourense, esconde carvalhos e castanheiros centenários. Quantos cuidados e mimos para que desse os seus frutos! As castanhas serviram de sustento nos largos meses invernais de outrora; e, com a madeira dos seus troncos, fabricavam-se as vigas dos paços destas terras do rio Deza.

Protegidos sob a figura de Monumento Natural, agora crescem orgulhosos em direção ao céu e encontram-se entre os exemplares mais altos da Europa. Um curto passeio alcatifado com folhas leva-nos a conhecer os recantos íntimos desta fraga, reduto do bosque caducifólio que em tempos passados cobria boa parte da geografia galega.

Rota da Fraga de Catasós
Ponto inicialTipo de rotaKmDuração estimadaDificuldade em progressãoDificuldade em orientação
Quintela (Lalín)Circular1,21 h.BaixaBaixa
PERFIL: Todos os públicos

O passeio através da Fraga de Catasós é fácil e está muito bem sinalizado. Os vários painéis informativos vão tornar a visita muito mais enriquecedora, uma vez que oferecem informação para compreender o interesse desta fraga, modesta na sua extensão, mas intensa quanto à força e beleza do seu arvoredo.

Pode haver recursos que não estejam georreferenciados e, portanto, não os está a ver.

Atenção aos altos e esbeltos carvalhos e castanheiros que habitam a fraga! Um passeio curto e simples, sem deixar de ser espetacular e didático; ideal para as famílias.

DOCUMENTOS RELACIONADOS...

Arriba